Interacção social – O modelo dramatúrgico

domingo, 17 de abril de 2016 |

Na sua qualidade de actuantes, os indivíduos preocupam-se em manter a impressão de que cumprem as numerosas normas pelas quais são julgados os seus actos. Como essas normas são inúmeras e omnipresentes, os actores vivem muito mais do que se poderia pensar num universo moral (constrangidos pela sociedade). Mas como actuantes, os indivíduos não estão preocupados com o problema moral de cumprir essas normas, mas com o problema amoral de construir a impressão convincente (gestão de impressões) de que satisfazem as ditas normas (...) Enquanto actuantes somos comerciantes da moralidade, escondidos por trás das máscaras (Goffman).



Mais desenvolvido aqui.

Conceitos
  • “lei de ouro” do trabalho escolar“ - Luc Boltanski
  • “Ofício de aluno” - Philippe Perrenoud * Sinopse
Tarefa

Caracteriza nesta parede uma das estratégias utilizadas pelos alunos para se subtraírem ao julgamento professoral. (Sugestões: o turista, o distraído, o conversador, o enigmático, “as brancas”, etc.)

0 comentários:

Enviar um comentário